Avatar de Karen  Mohrstedt Badin

Saco é um Luxo

por Karen Mohrstedt Badin 17/10/2014 10:59

Henrique Monnerat curtiu esse projeto

Karen Mohrstedt Badin

• Design Tentação:
Design é tentação, admiração e desejo. Um bom designer tem o poder de mudar opiniões e hábitos. Um designer responsável cria um produto ou conceito ecologicamente responsável. Um bom exemplo atualmente é o café em cápsulas Nespresso, um produto de luxo baseado no princípio cradle-to-cradle mas que atrai consumidores através de Design e qualidade.

• Design com Dimensão:
Quando um designer pensa com dimensão consegue acrescentar valor social e sustentabilidade ao produto que cria. Pode usar uma idéia para gerar novas perspectivas e oportunidades mesmo inserindo seu produto no modelo de mercado de consumo. Pode mobilizar e orientar usuários. Inclusive os menos favorecidos economicamente dentro da sociedade. Um bom Design introduz novos hábitos e consciência ao conduzir o consumidor não pela tutela e doutrinação, mas pelo belo, pelo bom e positivo = mais 4D que 3D.

• Design é mais que somente Forma:
O Design envolve atualmente muito mais que a forma puramente dita. Tem também um papel social ao gradativamente possibilitar transformações de hábitos. Não apenas criar um produto. O Design, como o amor, é idealista e tem o poder de introduzir desejos, levar pessoas a experimentar o novo e querer o desconhecido.

• O desafio:
No Brasil são distribuídos em supermercados 12 bilhões de sacos plásticos por ano e seu descarte inadequado é grande. Eles poluem ruas e parques, rios e mares, matando peixes e aves. Entopem bueiros, causando enchentes. E levam em média 300 anos para se decompor. Que os sacos plásticos são prejudiciais ao meio ambiente, muitos já sabem.
Supermercados já distribuem sacolas feitas de polietileno de alta densidade (PEAD2), um tipo de termoplástico que pode ser fundido e reciclado para a fabricação de baldes, sacos de lixo etc. Mesmo assim, a quantidade continua excessiva e desnecessária. Em vários estados do Brasil a Justiça, as associações de supermercados, o Sindicato das Indústrias Plástico e os consumidores discutem a questão do banimento por lei destas sacolas. Regulamentação contribui sem dúvida para a implementação de uma nova atitude. Mas na prática, o que move mesmo o usuário é o desejo. Mudanças acontecem quando as pessoas realmente passam a querer algo.
O papel do Design aqui é forte. Pode chamar a atenção das pessoas, torná-las conscientes do problema e desejosas de contribuir para mudanças. Estas pessoas passam a querer demostrar que têm atitude positiva. Posto o desafio, a questão é: que novo produto engloba todas estas idéias já existentes e pode conter valor social?

• Reinventando sacos plásticos:
Continua necessário conscientizar usuários quanto ao uso de bolsas plásticas em supermercados: reduzir a quantidade e re-aproveitar as sacolas que são distribuídas. Neste projeto o conceito é trocar com o cliente 160 sacos plásticos usados por uma bolsa durável 'Design' feita a partir de sacos plásticos reciclados. 160 é, segundo cálculos, o número de vezes que uma bolsa durável deve ser utilizada para compensar o impacto ambiental de sua fabricação e distribuição.
Mas uma idéia ecológica deve ser economicamente auto-sustentável. A venda de uma coleção paralela através de um website ou loja permite um modelo de negócios. O Design desta linha assegurará o seu valor de mercado, tornando-a objeto de desejo do consumidor de moda e luxo. Uma referência aqui é o designer Gilberto Martins, com sua linha de bolsas de estilo próprio, bem carioca, que utiliza a reciclagem em algumas de suas coleções.

•Bom gosto aliado à responsabilidade social:

Contribuir com o modelo ambiental de pensamento e consumo e ao mesmo tempo produzir bom Design, assim:

1 Designers e artistas projetam uma linha de bolsas e carteiras feitas a partir de sacos plásticos que de outra forma seriam descartados (as bolsas usadas no moodboard em anexo são referências existentes)

2 Sacos plásticos podem ser transformados em bolsas usando basicamente duas técnicas: fusão e crochê

3 No âmbito de um projeto social jovens recém-egressos da escola secundária e aposentados aprendem as técnicas e fabricam o produto. Isto gera um impulso econômico nas comunidades carentes. E beneficia o intercâmbio de conhecimento e a interação social entre gerações. Gera ideais de vida, trabalho e educação.

4 Como em certos calendários a bolsa básica tem slogans variados. Isto incentiva a atitude de colecionador do cliente aumentando a taxa de reciclagem e o sucesso do projeto.

5 Faz parte da linha um modelo de apelo infantil, visando atrair e conscientizar também a nova geração para a questão ambiental.

6 Um efeito secundário positivo do projeto é que o fato de estar levando sua bolsa automaticamente ativará o cliente de supermercado a ir empacotando suas próprias compras. O funcionário que está registrando os produtos não precisa mais fazer isto por ele. Isto agiliza o atendimento e diminui as longas filas nos caixas.

#design #moda #sustentabilidade #reciclagem #desejo #reaproveitamento #sacos-plasticos #consumo-consciente #supermercados #projeto-social #criativo

2
pessoas querem que essa ideia vire realidade.
clique para apoiar e saber novidades desta ideia
Direitos do autor:

Todos Direitos Reservados

Ajude a divulgar
Icon-flag Denunciar Design