Avatar de Uairrior Combat

Robô General

por Uairrior Combat 03/02/2014 12:23

Uairrior Combat

* Ano: 2013;
* Arma: Dois discos verticais de impacto;
* Eventos: Robogames 2013
* Premiações: Vice campeão Robogames 2013;

O novo projeto Middleweight é inspirado no vitorioso projeto Federal M.T. da categoria Lightweight. Estreando no Campeonato Mundial de Robótica (RoboGames), o General surpreendeu em sua categoria, conquistando a Medalha de Prata.

A estrutura é composta por seções retangulares de diversas dimensões em Duralumínio 7075 – T6 em diferentes espessuras. Suas conexões são feitas a partir de encaixes de precisão, projetados especialmente para que a montagem seja mais rápida, fácil e acurada. Tal geometria estrutural faz com que o robô seja resistente e robusto o suficiente para sua categoria.

Buscando minimizar os possíveis danos causados pelo adversário, foram projetadas duas diferentes formas de proteção frontal, baseadas em estudos feitos pela equipe analisando as diversas configurações de arma dos possíveis adversários. Também com o intuito de potencializar o golpe aplicado, as diferentes blindagens frontais têm por objetivo elevar a frente do adversário, removendo-o do chão levando-o ao encontro dos discos.

Com dois discos de apenas um dente, este projeto teve de ser minuciosamente balanceado para que o centro de gravidade da arma coincidisse com seu eixo de rotação. O material escolhido para compor os discos e o eixo da arma é o aço SAE 4340, bastante usado nos projetos da equipe devido a suas características favoráveis à aplicação do disco.

O motor escolhido para movimentar o disco é o Ampflow A28-400 de 4,5HP. A utilização deste motor será uma novidade para a equipe, visto que o General possui a função de substituir o robô A Besta, que utilizava dois motores Ampflow A28-150, um modelo menor da família dos Ampflow que, atualmente, é utilizado na locomoção.
Para aumentar o torque, cada motor foi acoplado a uma caixa de redução de 7:1 feita por dois estágios de engrenagens, desenvolvida pela própria equipe.

Ainda com o intuito de aperfeiçoar o projeto, foram utilizadas rodas maiores na parte traseira do robô. Tal estratégia além de aumentar a aderência do robô à arena permite que a sua locomoção continue funcionando normalmente mesmo que uma das rodas seja arrancada pelo adversário. As rodas de 8” de diâmetro, conferem ao robô uma velocidade final teórica de 12m/s, ou seja, o equivalente a aproximadamente 29km/h. Certamente será o robô mais rápido da história da equipe e, muito provavelmente, um dos mais rápidos da história dos robôs de combate em todo o mundo.

#unifei #besta #robogames #robocore #robo-de-combate #robo

Dhaniel Teria alguma aplicação prática para serviços caseiros o dia-a-dia?

Diego Medeiros Camarada, não sou de dar pitaco... mas se você falou que podem arrancar a roda do robô, porque não blindam o entorno da roda com algo nervurado pra dar resistência deixando somente a beirada da roda exposta e coloca uma suspensão na roda, assim, se tomar uma porrada na roda de baixo pra cima, ela absorve a pancada e a própria casca da blindagem serve de batente para não arrancarem a roda!

4
pessoas querem que essa ideia vire realidade.
clique para apoiar e saber novidades desta ideia
Direitos do autor:

Todos Direitos Reservados

Ajude a divulgar
Icon-flag Denunciar Design